Beleza e Bem Estar

Porque é que temos de usar creme de dia e creme de noite?

A hidratação diária do rosto é um fator fundamental para uma pele saudável e bonita. Existem cremes de dia e cremes de noite e a questão que fica na cabeça de muitas mulheres é “qual é a diferença entre os dois, será só marketing?“.

O creme de dia tem como principal função proteger a pele e criar uma espécie de barreira contra os agentes agressores, como é o caso da radiação, poluição, maquilhagem, entre outros. Este tipo de creme é absorvido mais facilmente pela pele e contem quantidades inferiores de substâncias ativas, nomeadamente as fotossensíveis que podem provocar manchas no rosto. Já o creme de noite tem como principal função a regeneração celular, permitindo à pele recuperar das agressões que possa ter sofrido durante o dia” explicou Aurélie Guyoux, Diretora Cientifica do Institut Esthederm ao Delas.pt.

O creme de dia é vocacionado sobretudo para hidratar, preparar e proteger a pele das agressões que sofremos ao longo do dia – só os choques térmicos são 17 ao longo do dia, revelou um estudo desenvolvido pela Clarins em 2017 – enquanto o creme de noite é formulado para tratar da pele em profundidade. Durante a noite a células da pele regeneram-se de forma mais eficaz, não só porque esta é uma realidade da nossa biologia, mas também porque estamos em repouso e por isso sofremos menos agressões ambientais o que facilita o trabalho de renovação celular.

 

 

Tendo em conta estas diferenças a maioria das linhas cosméticas tem este dois tipos de produtos, que quando usados em conjunto potenciam bastante os resultados do tratamento. Estes cremes são ainda diferentes na sua textura, sendo os de dia mais ligeiros, pensados para uma absorção rápida e para uma aplicação de maquilhagem posterior, enquanto os de noite têm texturas mais ricas que são absorvidas mais lentamente e uma ação mais prolongada.

Outra questão que é muitas vezes levantada é se as pessoas com pele oleosa devem fazer duas aplicações de hidratante durante o dia, já que a tendência natural deste tipo de pele é a de produzir excesso de sebo. Espante-se porque é a resposta é surpreendente. “A pele oleosa exige a utilização de um creme de noite, uma vez que necessita de suplementos adicionais, tais como vitaminas e antioxidantes. Daí que o creme de dia, por si só, não seja suficiente para cuidar da pele oleosa” esclareceu Aurelie Guyoux.

Agora que sabe quais são as principais diferenças entre o creme de dia e creme de noite, deve ter em atenção que preferencialmente deve usar dois cremes da mesma linha ou que se complementem para potenciar a eficácia dos produtos. Ainda assim, o uso de creme de noite não é obrigatório, mas é recomendado sobretudo para peles com perda de elasticidade, rugas ou sinais de fadiga, problemas que pedem um tratamento mais intensivo e continuado, já que muitas vezes estão associados ao amadurecimento cutâneo e contra o tempo não há batalha que tenha espaço para tréguas.

 

Na nossa loja vai encontrar alguns cremes de noite para uma pele mais bonita e saudável.

Related Posts